27 de julho de 2011


Ela pode matar com um sorriso, ela pode ferir com os olhos. Ela pode arruinar a tua fé com as suas mentiras ocasionais. Ela revela somente o que quer que ele veja, esconde-se como uma criança mas para ele continua a ser uma mulher. Ela pode levá-lo para o amor, ela pode levá-lo ou deixá-lo, ela pode pedir a verdade mas nunca vai acreditar nele. Ela cuida de si mesma, ela pode esperar se quiser, ela está à frente do seu próprio presente; ela nunca desiste, nunca cede. Ela vai-lhe prometer as estrelas e a lua, e então descuidadamente irá fazer com que nunca anoiteça. Irá rir enquanto ele está a sofrer, mas vai trazer o melhor e o pior que ele tem para dar.



9 comentários: